Eryngui

 

De haste abaulada, longa e branca, e chapéu cinza, este cogumelo é muito bonito e um dos mais saborosos, tanto que ganhou o apelido de King Oyster (rei). O chef inglês Jamie Oliver é um de seus maiores entusiastas e na Europa é bastante consumido, assim como nos EUA e Ásia, claro, de onde se origina. No Brasil, ainda não ganhou projeção, mas está sendo descoberto, principalmente pelos restaurantes, pois pode ser usado inteiro, tem textura crocante e entra muito bem na finalização de carnes, legumes e até no forno – os orientais o preparam assado como aperitivo. Bons temperos são shoyu e sakê para saltear na wok. Dentre suas propriedades terapêuticas, destaca-se uma melhora no funcionamento do intestino, o controle do colesterol e a redução de gorduras no fígado.

 

Origem: Japão.

 

Nome científico: Pleurotus Eryngi.

 

Embalagens Safra:

Inteiros, em bandejas com 200g.

 

Safra cogumelos Eryngui (cardoncelo)

Foto cedida pelo Grupo Urakami.

Foto cedida pelo Grupo Urakami

press to zoom

Foto cedida pelo Grupo Urakami

press to zoom

Foto cedida pelo Grupo Urakami

press to zoom
press to zoom